Escreva para expressar, não para impressionar.

O triângulo da criatividade

Não importa se a sua ideia de história é boa. Ou ruim. Uma ideia é apenas um ponto de partida para você começar a escrever.

O leitor não está nem um pouco interessado na genialidade da sua ideia de história. Essa preocupação é apenas sua, prezada escritora, prezado escritor.

Tudo o que o leitor quer é uma experiência de leitura que recompense seu tempo.

A substância de uma história está na forma como você expande sua ideia e cria um universo de ficção (imaginação) e em como você materializa tudo o que criou em uma sequência de palavras, frases e parágrafos (execução).

Técnicas existem para ajudar você a desenvolver ideias, expandir a imaginação e ganhar perspectiva sobre a execução.

Se a escrita não está fluindo, você possivelmente está obcecada(o) com um dos lados do triângulo.

A escrita passou a ser fonte de ansiedade e angústia para você? Reencontre o prazer de escrever.  CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 10 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

Seja o primeiro escritor a comentar sobre este texto

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2019 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos