Escreva para expressar, não para impressionar.

Procrastinar é priorizar a coisa errada de propósito

Toda vez que você procrastina, está escolhendo fazer alguma coisa que te dá mais prazer do que aquilo que você deveria estar fazendo.

O problema não é jogar videogame ou fazer maratona na Netflix em vez de escrever. O problema é que você sofre por fazer essa escolha.

Procrastinar é priorizar a coisa errada de propósito.

Você decide investir seu precioso tempo em algo que você sabe que é menos importante do que escrever.

Por que a gente faz isso?

Porque se a gente sentar para escrever, pode descobrir que aquela ideia não é tão boa assim ou que a gente não escreve tão bem quanto gostaria.

Procrastinação é um seguro contra frustração. Se você nunca escreve aquela história, pode seguir alimentando a fantasia de que, quando escrever, vai ficar maravilhosa.

Talvez isso seja verdade, talvez não. Só tem uma forma de descobrir: escrevendo.

E se os seus piores medos se confirmarem, você tem duas escolhas:

  1. Abandonar a escrita e procurar outra atividade que te dê mais prazer.
  2. Desinflar o ego e começar a trabalhar para se tornar a escritora ou escritor que deseja ser.

Se você escolher a segunda opção e quiser minha companhia para fazer isso, abri as inscrições para o curso/oficina Jardineiro de Ideias, que ensina a escrever sem inspiração.

Começa dia 28 de Fevereiro e só tem 10 vagas.

Para mais informações, clique aqui.

A escrita passou a ser fonte de ansiedade e angústia para você? Reencontre o prazer de escrever.  CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 10 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

2 escritores têm algo a dizer sobre este texto

  1. Wellington R. Ormundo 31/01/2020

    Gostei deste e de outros textos seus. Os achoei claros e muito objetivos.

  2. Author
    Diego Schutt 01/02/2020

    Obrigado pela leitura, Wellington! 🙂

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2019 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos