Escreva para expressar, não para impressionar.

Os artigos mais populares de 2018

Conheça dez dos artigos mais lidos do Ficção em Tópicos em 2018.

Você é fluente em escrita?

“A chave para se escrever bem é criar um senso de coesão, demonstrando fluência na forma de compartilhar e conectar informações e ideias ao longo da narrativa.”

13 técnicas práticas para transformar clichês em ideias originais

“Somente boas ideias se transformam em clichês pelo simples fato de que ideias ruins não são claras, verdadeiras, intrigantes ou inspiradoras e, por isso, ninguém se sente compelido a reutilizá-las.”

10 ideias cruciais sobre escrever ficção inspiradas em Stephen King

“Se você quer conversar com as emoções de outras pessoas através de seus textos, pare de escrever histórias para tentar provar sua inteligência e sensibilidade. Comece a usar sua inteligência e sensibilidade para provar que suas histórias valem a pena serem lidas.”

6 dicas cruciais para escritores inspiradas em George R.R. Martin

“Se uma personagem importante morre e o leitor não sente nada – se ele simplesmente segue lendo para saber o que acontecerá na seqüência – você não está fazendo o seu trabalho.”

Subtexto: A arte de expressar o inconsciente dos personagens #1

“Quando amadurecemos, descobrimos o poder de nos comunicarmos usando subtexto. Nos tornamos capazes de dar pistas sobre o que sentimos através de falas e comportamentos mais sutis e indiretos, que melhor representam a complexidade das nossas emoções.”

Uma ideia não é suficiente. Você precisa de uma corrente de ideias

“Uma ideia isolada é como uma imagem estática. Uma corrente de ideias é o que dá substância e movimento para o enredo da história.”

5 dicas para escritores inspiradas em Neil Gaiman

“Se um texto fica exatamente como você planejou, isso pode ser um mau sinal. Ao longo do processo de criação, algum aspecto da história precisa se transformar e surpreender o próprio escritor.”

A influência do ritmo da linguagem na experiência de leitura

“Em textos, ritmo não é um elemento tão óbvio e fácil de identificar mas, assim como em música, ele influencia na forma como interpretamos e reagimos a uma narrativa.”

Como atores podem ensinar você a escrever com mais autenticidade

“O paradoxo da grande literatura é que uma história só pode ser tão inteligente e profunda quanto seu escritor, mas quando a intenção principal do escritor é provar que ele é profundo e inteligente, a história é empobrecida.”

A única regra universal para escrever bem: não seja chato

“A combinação do olhar autêntico de uma criança com a habilidade de se expressar com beleza, precisão e clareza de um adulto é um antídoto poderoso contra chatice.”

Baixe uma amostra grátis do 1º Ebook do Ficção em Tópicos

About the Author

Diego SchuttView all posts by Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 8 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

0 Comments

Add comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2018 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos