Escreva para expressar, não para impressionar.

Um calendário para incentivar você a escrever mais e melhor

Por Diego Schutt em 17/12/2018 Tópicos: Começar a Escrever, Dicas, Escrever Ficção
0
74

Para baixar o Calendário do Escritor 2019, clique aqui.

Se você não sabe como usar o calendário, clique aqui.

.

Uma escritora me enviou uma mensagem recentemente dizendo que ela vem usando o Calendário do Escritor há três anos. Ela disse estar feliz por ter finalmente conseguido estabelecer uma rotina de escrita, mas no final da mensagem, ela fez uma confissão.

“Terminei de escrever vários textos, mas sinto que a minha escrita não melhorou tanto quanto eu gostaria ao longo desses anos, considerando todo meu esforço. Existe um limite do quão habilidosa posso me tornar? Será que já atingi esse limite?” 

Respondi que não acredito existir um limite do quão habilidosa ela pode se tornar mas que, talvez, ela tenha progredido o máximo que conseguirá progredir praticando a escrita livre. Simplesmente escrever todos os dias – não importa por quantos anos – não torna ninguém uma escritora mais competente.

Para que o hábito da escrita resulte no desenvolvimento de novas habilidades, você precisa de prática deliberada.

Prática deliberada é o nome que especialistas em alto desempenho dão à forma específica com que se realiza uma atividade com o objetivo de melhorar continuamente.

Prática deliberada é diferente da repetição habitual de uma atividade. Para melhorar continuamente seu desempenho, a prática deve exigir de você um nível de competência um pouco maior do que seu nível de competência atual.

Desenvolver o hábito da escrita simplesmente para se tornar um escritor melhor é um objetivo genérico e difícil de mensurar. Você precisa, primeiro, entender que habilidades específicas tornariam você um escritor melhor.

Encontrar ideias mais originais? Criar personagens mais complexos? Inventar tramas mais envolventes? Uma vez que você define que habilidades precisa desenvolver, considere que desafios de escrita poderiam ajudar você a alcançar esse objetivo.

A escritora que me mandou a mensagem finalmente conseguiu estabelecer o hábito de escrever. Agora é o momento dela procurar aperfeiçoar habilidades específicas.

Por isso, além de simplesmente desenvolver as ideias que ela vinha colecionando no seu caderninho de notas, sugeri que ela começasse a praticar a escrita do que chamo de textos reativos.

Textos proativos são narrativas que nascem de um estímulo interno para escrever – uma curiosidade, uma inspiração, uma reflexão. Ao escrever textos proativos, o escritor tem total liberdade de criação.

Textos reativos, em contrapartida, nascem como uma resposta a um estímulo externo para escrever – um exercício de uma oficina literária, um desafio de escrita sugerido em um livro, um tema que você precisa desenvolver na redação de um concurso. Ao escrever textos reativos, o escritor precisa responder a esse estímulo externo respeitando certos limites estabelecidos.

Este artigo é um exemplo de texto reativo. Ele foi motivado pela mensagem que recebi de uma escritora. O que guiou a escrita deste texto foi a busca por respostas para as perguntas que ela fez com base na sua experiência usando o Calendário do Escritor.

Textos proativos e reativos desafiam o escritor a desenvolver habilidades diferentes. 

Um texto proativo evoca um mergulho profundo na sua subjetividade. Seu instinto guia o processo de criação. Esse tipo de texto exige que você identifique o potencial de uma ideia, use sua imaginação para desenvolvê-la, e crie critérios pessoais para avaliar o resultado.

Se você decide escrever um texto sobre vida a após a morte, pode escrever livremente até identificar uma abordagem sobre o tema que agrade você. Aqui, você cria o jogo e as regras do jogo.

Um texto reativo evoca um diálogo mais objetivo com suas ideias. A busca por uma resposta a um estímulo externo guia o processo de criação.

Se uma oficina de escrita criativa propõe que você escreva um texto onde um narrador revela seus arrependimentos após morrer, seu desafio é escrever uma narrativa dentro desses limites estabelecidos – o narrador precisa estar morto, você precisa partir do pressuposto que vida após a morte existe, e você precisa focar o texto nos arrependimentos do personagem. Aqui, as principais regras do jogo já estão estabelecidas, e você precisa canalizar sua imaginação e criatividade para escrever um texto que revele sua reação a este estímulo da forma mais interessante possível.

Textos reativos forçam você a escrever com intenção, ou seja, a considerar que experiência de leitura você deseja que suas palavras criem, e que estratégias você pode usar para alcançar esse objetivo.

Se você quer melhorar suas habilidades de escrita em 2019, use o Calendário do Escritor e a prática deliberada. O Ebook Escreva Mais e Melhor do Ficção em Tópicos traz vinte e cinco dicas e exercícios para incentivar você a escrever textos reativos.

Ao comprar o Ebook, além de praticar o uso de restrições criativas para canalizar sua imaginação e criatividade, você está contribuindo para a existência do site.

Feliz ano novo e obrigado por seguir acompanhando o Ficção em Tópicos.

E você, usou o Calendário do Escritor em 2018? Compartilhe sua experiência nos comentários.

 

Aprenda a escrever sem inspiração.

O Jardineiro de Ideias é um curso/oficina ONLINE que ensina a escrever ficção de um jeito mais intuitivo, espontâneo e criativo. CLIQUE AQUI para saber mais.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 8 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

Seja o primeiro escritor a comentar sobre este texto

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2018 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos