Escreva para expressar, não para impressionar.

Como um funcionário dos correios se tornou um escritor publicado em diversos países.

Por Diego Schutt em 04/12/2012 Tópicos: Inspiração
2
0

Charles Bukowski divaga sobre sua forma de escrever e seu processo criativo.

O famoso poeta, cronista e romancista alemão fala da sua vontade de voltar a dormir quando acorda, do seu desejo constante de não fazer nada, e das taças de vinho que despertam sua imaginação.

Tudo o que você precisa saber para começar a escrever melhor

Bukowski conta de como se transformou de um funcionário dos correios que colocava cartas em buracos, em um escritor publicado na Alemanha, Noruega, França, Holanda, Itália, Inglaterra e diversos outros países.

“O que aconteceu? Eu não sei. Eu apenas escrevi palavras da forma que elas estava destinadas a existir. E isso me assusta bastante, porque eu me pergunto: você tem um pouco de sorte, é possível continuar com o mesmo encanto? É um teste bem difícil.”

Assista ao vídeo abaixo, em inglês, com legendas em português.

Confira alguns textos do autor clicando aqui.

O que você achou das observações do escritor sobre seu processo de escrita?

Tudo o que você precisa saber para começar a escrever melhor

2 escritores têm algo a dizer sobre este texto

  1. Isabel 05/12/2012

    Acho bastante interessante a maneira com que Bukowski coloca o processo de escrita, mas acho que não é um exemplo a ser seguido – ao menos não por nós, meros mortais. Ele acredita em talento e inspiração, enquanto a tal da transpiração, ou seja, a prática constante, é um meio mais garantido de se chegar onde quer. Não sei se é assim para todo mundo, é para mim, mas cada um tem seus métodos, não é mesmo?

  2. Diego Schutt 06/12/2012

    Oi Isabel

    A gente precisa aprender a reconhecer as exceções. Como você disse, o Bukowski é uma delas. Às não-exceções, onde me incluo, só resta a prática constante e a humildade para tentar até acertar.

    Obrigado pelo comentário e pela leitura.

    sds
    Diego

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2019 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos