Escreva para expressar, não para impressionar.

Dica 78: Julgue suas ideias a partir do que você deseja expressar

Por Diego Schutt em 24/01/2012 Tópicos: Dicas
0
10

Nossas ideias são representações da nossa personalidade e dos nossos valores. Isso explica porque nos ofendemos tanto quando alguém não gosta de algo que criamos. Se você não lida bem com críticas, provavelmente julga suas ideias como boas e ruins tomando como parâmetro de avaliação como elas representam você.

“Essa ideia é boa porque me faz parecer inteligente. Essa ideia é ruim porque dá a impressão de que sou preconceituoso.” Ao invés de avaliar suas ideias como boas ou ruins, procure julgá-las tendo em mente o que você deseja expressar com seu texto.

Não tome decisões sobre a sua história preocupado com o que os leitores vão pensar sobre você. Priorize reconhecer como a narrativa precisa ser estruturada para criar a experiência de leitura que você deseja.

Leia as dicas 1 à 50.

Leia as dicas 51 à 100.

Publicidade

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 8 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

Seja o primeiro escritor a comentar sobre este texto

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

 

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Copyright 2010-2018 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos