Escreva para expressar, não para impressionar.

Dica 35: Desconfie dos seus momentos de inspiração.

Por Diego Schutt em 06/10/2010 Tópicos: Dicas
1
12

Quando você está muito envolvido e entusiasmado com uma ideia, produz páginas e mais páginas com uma facilidade assustadora. A história parece estar se escrevendo sozinha, os personagens parecem ter vida própria, e você se sente um poço de criatividade sem fim.

Quando estiver procurando por ideias para escrever, sempre desconfie daquelas que se oferecem rápido demais. Todo processo criativo é angustiante. Nosso primeiro impulso é procurar por uma solução o mais rápido possível para aliviar a tensão inerente a qualquer esforço de criação artística.

Essas ideias que vem com muita facilidade convivem muito próximas das histórias que você leu em livros, assistiu em filmes ou em seriados de televisão. Avalie se sua ideia é realmente original, ou se você acidentalmente se deixou levar pelo seu primeiro impulso criativo.

_____

Coloque as dicas do site em prática com o criador do Ficção em Tópicos.

O curso/oficina online Jardineiro de Ideias vai equipar você com ferramentas práticas para desenvolver suas ideias e inspirações de uma forma mais espontânea e confiante. CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS.

_____

Leia as dicas 1 à 50.

Leia as dicas 51 à 100.

Aprenda a escrever para expressar, não para impressionar.

O Jardineiro de Ideias é um curso/oficina ONLINE que ensina a escrever ficção de um jeito mais intuitivo, espontâneo e criativo. CLIQUE AQUI para saber mais.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 10 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

Um escritor tem algo a dizer sobre este texto

  1. ballah01 19/12/2014

    Por vezes tenho esse poço sem fim (de criatividade não sei) mas de palavras empilhadas nas páginas. mas antes de tudo estabeleço vários pontos que “tenho” de escrever para não cair nesse erro de copiar o que já está feito. (só espero não estar a fazer nada de errado)

    Desde já, muitos parabéns Diego. não sei se fez isto sozinho mas, sozinho ou não, criar este montão de dicas é algo magnífico e que se pode admirar 🙂

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2019 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos