Escreva para expressar, não para impressionar.

Dica 32: Valorize disciplina mais do que talento.

By Diego Schutt on 01/10/2010 in Dicas
2
12

Você pode desenvolver seu talento através de disciplina, mas não pode desenvolver disciplina através do seu talento.

Não importa se você tem facilidade de criar ideias originais para histórias de ficção. Se você não investe tempo no desenvolvimento e refinamento dessas ideias, elas nunca vão existir fora da sua cabeça. É o exercício constante de transformar seus pensamentos em palavras que abrirá as portas para o seu talento desabrochar.

Se você não se considera um escritor muito talentoso, compense sendo um escritor extremamente disciplinado. Se você se considera um escritor talentoso, estabeleça uma rotina de escrita para permitir que suas ideias não sejam desperdiçadas.

Leia as dicas 1 à 50.

Leia as dicas 51 à 100.

A escrita passou a ser fonte de ansiedade e angústia para você? Reencontre o prazer de escrever.  CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS.

About the Author

Diego SchuttView all posts by Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 10 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

2 Comments

  1. Tiago Haka 01/08/2013

    Muito bom essas dicas de vcs!!!

    Acredito que eu tenho talento, mas sou totalmente indisciplinado. Eu nunca consigo terminar uma historia. Eu começo a escreve a historia e fico naquela empolgação e logo paro de escrever e deixo o personagem do lado. Realmente preciso me disciplinar. 🙁

  2. Diego Schutt 15/08/2013

    Oi Tiago

    Super comum começar a escrever na empolgação e abandonar a história ao se sentir empacado. Por isso disciplina é tão importante. Para que a gente possa seguir escrevendo, criando bastante matéria-prima para trabalhar.

    Bunda na cadeira, lápis no papel e vambora escrever.

    sds
    Diego

Add comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2019 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos