Aprenda a criar realidades com palavras

Um calendário que vai tornar você um escritor mais produtivo

Por Diego Schutt em 19/12/2014 Tópicos: dicas, escrever, storytelling
13
151

Escrever todos os 365 dias do ano parece uma tarefa quase impossível. De fato, é pouco provável que você consiga fazer isso se usa apenas inspiração como critério para decidir quando escrever.  Se você fez isso em 2014 e está satisfeito com o quanto produziu, ótimo. Este texto não é para você. Agora se você quer produzir mais textos em 2015, tenho uma dica que pode ajudar.

Quando você sente algo que estimula sua imaginação (seja positivo ou negativo), tem uma vontade louca de capturar essa experiência emocional com palavras. A página em branco é uma psicanalista, pronta para escutar tudo o que você quer expressar.

Há dias, no entanto, em que você se sente distraído ou desconfortável, e escrever é o último item na sua lista de prioridades. Não porque você não quer, mas porque a página em branco agora lhe parece uma inimiga, pronta para criticar qualquer ideia ou pensamento que você expressar.

Então como navegar essa montanha russa de emoções e seguir escrevendo mesmo quando a inspiração não aparecer?

Desenvolvendo o hábito de escrever todos os dias. Eu sei, você já escutou essa dica milhões de vezes. O que talvez você ainda não tenha escutado é como esse hábito vai fazer diferença na qualidade dos seus textos e como você pode incorporá-lo a sua rotina.

O escritor Cristiano Baldi, em um dos meus artigos favoritos da série 2 mil toques, explica com propriedade. “A rotina melhora sua técnica e deixa suas ideias mais claras. Mas o principal é a confiança. Escrever todo dia lhe dá confiança e confiança é o que você mais quer. Sem confiança, tudo é vulgar.”

Confiança é escrever sem medo de fazer errado ou não ficar bom. Confiança é adubo para criatividade. Confiança é o que vai calar aquela voz na sua cabeça que critica tudo o que você escreve em tempo real. Confiança é o que vai fazer você escrever naqueles dias onde seu nível de motivação estiver abaixo de zero. Confiança é olhar para todos os seus esforços como parte do processo.

O que tira a confiança de muitas pessoas é a crença de que escrever deveria ser mais fácil. Muitos desistem não porque encontram dificuldades, mas por serem surpreendidos com o quão trabalhoso é desenvolver uma narrativa bem construída. Ao entender que todo processo de criação traz desafios e ansiedades, você aprende a administrar suas expectativas e não se deixar intimidar por uma sessão de escrita ruim.

Escrever com confiança não é escrever com facilidade, mas sim reconhecer que você sempre encontrará dificuldades se quiser desenvolver ideias originais. 

calendario-do-escritorPara ajudar você a desenvolver confiança para escrever, o Ficção em Tópicos criou o Calendário do Escritor (inspirado em uma dica do escritor e ator Jerry Seinfeld).

Clique aqui para baixar o Calendário do Escritor

Funciona assim. Defina uma meta diária de escrita para 2015. Pode ser escrever um certo número de palavras ou escrever por um determinado período de tempo. Seja realista. Qual é o número mínimo de palavras ou de minutos que você acredita poder escrever todos os dias? 600 palavras? 20 minutos?

Considere sua rotina e suas responsabilidades. Um número ambicioso demais vai apenas tornar a tarefa intimidante. Mas também não escolha um número baixo demais. O ideal é que sua meta seja viável, mas desafiadora.

Imprima o calendário e escreva sua meta no local indicado.

Por exemplo: “Em 2015, vou escrever durante 25 minutos todos os dias.”

Cole em um lugar visível onde é inevitável você olhar para ele diariamente. Cada vez que você cumprir sua meta, faça um X com uma caneta vermelha sobre esse dia no calendário.

É importante que, já no início do ano, você crie uma cadeia ininterrupta de letras X. Depois de alguns dias, você vai ter a satisfação de constatar que vem cumprindo sua meta diariamente. A partir desse momento, seu foco é não interromper essa corrente de produtividade.

Quando se sentir tentado a não escrever, olhe para o calendário e lembre-se: você só precisa cumprir sua meta diária. Se enquanto você faz isso surgir motivação para continuar escrevendo, siga em frente. Caso contrário, faça um X vermelho no calendário e reconheça seu esforço por pelo menos ter tentado.

Parece boba e infantil a ideia de se parabenizar por escrever, ainda mais naqueles dias em que apenas produzimos porcarias.

O que você precisa lembrar é que não é apenas o resultado que conta. Você tentou, fez o melhor que pôde nesse dia. E a cadeia de letras X no seu calendário é prova concreta da sua persistência e disciplina para praticar o ofício do escritor: articular ideias com palavras.

Encare esses encontros diários com a página em branco como uma visita à psicanalista. Quanto mais você se encontrar com ela, melhor vai se conhecer e mais confiante vai se sentir para articular suas ideias sobre si, sobre as pessoas e sobre o mundo.

Algumas sessões serão produtivas. Outras serão entediantes. Você não tem controle sobre quais dias serão bons e ruins. Por isso, quanto mais vezes você visitá-la, maiores as chances de você ter um encontro consigo mesmo que transforme sua história.

Feliz Natal e um Ano Novo cheio de letras X no seu calendário.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 7 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

13 escritores têm algo a dizer sobre este texto

  1. Davi Cavalhieri 19/12/2014

    Meu professor de literatura me disse uma vez que José Saramago escreve uma página de literatura por dia. Claro que devemos levar em conta que seu nome já está consagrado, mas aposto que antes de tornar-se quem hoje é nesse universo literário, ele seguiu seu próprio calendário que, de fato, deve se parecer com esse! 😉

  2. Polyanna 19/12/2014

    Adorei essa ideia!
    Vai nos dar mais uma motivação e até aquela vontade de sempre completar o calendário.
    Obrigada.

  3. Thais Messora 19/12/2014

    Diego, adorei a ideia. Ainda mais que eu entrei numa época de cuidar do corpo e da saúde, em que criei uma rotina do tipo: se eu posso acordar cedo pra ir pra um trabalho que eu não gosto, também posso tirar uma hora pra cuidar do meu corpo. E isso está me fazendo bem, porque eu criei a filosofia de que a endorfina gerada pelo exercicio me faz escrever mais e melhor.
    Mas de qq forma, ainda preciso me disciplinar na escrita. tem dias que escrevo 3000 palavras, tem dias que escrevo 200.
    Vale a pena investir nesse calendário! Adorei mesmo.

  4. ballah01 20/12/2014

    muito boa a ideia! normalmente uso uma folha de excel contabilizando o nº de palavras que escrevo por dia e tento estabelecer por enquanto uma meta de 1.000 palavras, nos dias livres, 2.500 palavras (sei que quantidade não é qualidade, mas como disse e muito bem, é com a rotina e disciplina que se melhora.)
    esse calendário vai dar bastante jeito aos aspirantes a escritor mas com aquela preguiça que tem de ser exterminada calmamente 🙂

  5. Maria Rabelo 21/12/2014

    Obrigada pelo presente! Pretendo usá-lo com rigor em 2015. Valeu pela motivação.

  6. Wlange Keindé 24/12/2014

    Adorei! É uma ótima motivação e um treino pra quem quer ser escritor profissional. Já estou imprimindo 😀

  7. Juh Reis 01/01/2015

    Não pude resistir ao desafio! A proposta de produzir algo todos os dias, num horário específico, visando alcançar metas e objetivos, era justamente o que eu intimamente prometia, mas sem real coragem e comprometimento de levar adiante! Agora, com o calendário a imprimir e a motivação proporcionada pelo primeiro dia de 2015 e por este delicioso guia do escritor, levarei a tarefa a cabo! Como sempre, muito obrigada pela originalidade!

    P.S.: Tomarei os 25 minutos citados no post como referência! Veremos os bons frutos que colherei de tal prática! 😉

  8. Mateus Oazem 05/01/2015

    Amei! Baixado e já imprimirei. 🙂

  9. Isabel 31/01/2015

    Obrigada por compartilhar tal idéia, era exatamente o que eu precisava no momento. Abreaço 🙂

  10. Douglas 23/03/2015

    A ideia do calendário é ótima, ele dá uma motivação a mais para escrever todos os dias, assim, criando um habito de escrever. Estou usando o calendário a alguns dias e a vontade de escrever todos os dias aumentou, tudo para completar o calendário e no final poder dizer “eu fiz tudo isso”.

  11. Helber Teixeira 04/04/2015

    Simplesmente o melhor site do gênero. Vocês são demais, me ajudam muito! Parabéns pelo trabalho, continuem assim.

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Copyright 2010-2017 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos