Escreva para expressar, não para impressionar.

Scribe quer tornar a leitura e publicação de textos mais social

By Diego Schutt on 18/08/2014 in Escrever Ficção
1
86

“O conselho mais sólido para um escritor é este, eu acho: tente aprender a respirar fundo, realmente saborear a comida quando você estiver comendo, e realmente dormir quando você estiver dormindo. Tente o máximo possível estar vivo com toda a sua força, e quando você rir, ria que nem louco. E quando você ficar irritado, fique bem irritado. Tente estar vivo. Você vai morrer em muito breve.” William Saroyan

A frase acima está estampada na página principal do Scribe, uma plataforma online para escritores que pretende tornar a experiência de publicação, divulgação e leitura de textos mais interativa.

O site é uma excelente alternativa para quem não quer ou não tem conhecimento técnico para criar e administrar um blog. É o ambiente ideal para quem quer construir uma audiência, conhecer seus seguidores, receber feedbacks e melhorar suas habilidades de escrita.

Scribe é uma palavra em inglês e significa “Escriba” ou “Escrivão”. Na antiguidade, eram as pessoas que dominavam a escrita e usavam essa habilidade a mando de seu regente. Então o Escriba era quem fazia o “trabalho pesado”, enquanto o regente era livre para usar a sua criatividade.

Kelvin Gunji Araki, um dos criadores da plataforma, explica.

“A nossa proposta é exatamente essa. Nós, o Scribe, queremos fazer para o autor/escritor o ‘trabalho pesado’, deixando ele livre para escrever e usar a sua criatividade. A nossa ideia é fornecer as melhores ferramentas para interatividade com sua audiência, estatisticas para que você mensure o impacto de seus textos, um editor de textos simples e bonito, deixando que o escritor foque em apenas uma coisa: escrever!”.

Para leitores, a ideia é que o Scribe seja um espaço que reuna textos de qualidade e ajude na descoberta de novos talentos, organizando os textos e facilitando a busca por categorias pré-determinadas, tags, idiomas, textos melhor avaliados ou recém adicionados.

Além disso, a ideia é oferecer ferramentas para as pessoas interagirem com seus autores favoritos de inúmeras formas. É possível seguir escritores, trocar mensagens, deixar comentários e avaliar seus textos.

Experimente o Scribe clicando aqui. 

Abaixo, o Kelvin explica o que você tem a ganhar usando o Scribe.

Que benefício só o Scribe oferece para escritores e leitores?

Atualmente o Scribe está em sua versão beta, ou seja, há muito que queremos oferecer mas ainda não está disponível. O nosso principal diferencial está no fato de reunir em um mesmo ambiente diversos perfis de escritores, tipos de textos e temas, um editor simples e bonito, além é claro de ferramentas estatísticas que permitem ao escritor mensurar e entender como seu público reage ao seus textos.

Num futuro não muito distante, o Scribe também dará a possibilidade de o autor monetizar seus textos através de um sistema de micropagamentos, permitindo que ele ganhe dinheiro com suas habilidades.

Queremos empoderar o escritor e permitir que ele escolha como deseja interagir com seu público. Também queremos que o usuário seja recompensado pelo valor que ele cria à rede, ou seja, se um leitor compartilha um texto que é pago e esse compartilhamento gerar compras, ele ganhará comissão.

O Scribe tem seu foco inicial em textos curtos, além de uma preocupação maior com estética, interface mais limpa e maior interatividade entre os seus usuários.

Temos um grande foco em ser uma rede social para escritores e leitores, ou seja, cada vez mais teremos novas ferramentas que permitem interação e trocas entre usuários. Funções como comunidades, mensagens direta, seguir, comentários estão em nosso pipeline de desenvolvimento.

Experimente o Scribe clicando aqui.

Baixe uma amostra grátis do 1º Ebook do Ficção em Tópicos

About the Author

Diego SchuttView all posts by Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 8 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

1 Comment

  1. Eduardo 03/10/2014

    Parece muito o Medium, da simplicidade, passando pelo sistema de comentários e as recomendações.

Add comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright 2010-2018 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos