Aprenda a criar realidades com palavras

Dica 99: Resuma sua história em uma frase.

Por Diego Schutt em 11/04/2013 Tópicos: dicas
7
8

Existem basicamente duas formas de desenvolver suas ideias de história: pensando sobre sua estrutura antes ou depois de começar a escrever. Algumas pessoas preferem explorar ideias iniciando a partir de um impulso criativo. Outras preferem definir pelo menos alguns dos elementos básicos da narrativa antes de começar a escrever.

Se a página em branco costuma deixar você ansioso e paralisado, crie um resumo da sua história para usar como guia durante suas sessões de escrita. Em até 250 palavras, descreva brevemente o protagonista, o conflito central, e os principais acontecimentos do enredo.

A ideia é estabelecer uma visão global da narrativa, que oriente suas escolhas e decisões quando você estiver escrevendo. Comece tentando resumir sua história em uma única frase. Por exemplo, eis a essência do filme Toy Story: Um boneco cowboy chamado Woddy – que acredita ter status inabalável de brinquedo preferido – passa a se sentir rejeitado pelos outros brinquedos e por seu dono Andy quando este ganha de aniversário o boneco astronauta Buzz Lightyear.

Veja como, em uma frase, estabelecemos o protagonista (Woddy), a crença central que o define (ele será para sempre o brinquedo preferido), o conflito central que desafia essa crença (ciúmes de Buzz Lightyear), sugerimos o desejo central do personagem principal (voltar a ser o boneco preferido de Andy), e a linha de ação da história (fazer o que for preciso para reconquistar seu status).

A partir dessa frase, fica mais fácil começar a expandir o resumo da história, definindo os principais acontecimentos da linha de ação, que deverá se concentrar nas atitudes de Woddy para alcançar seu desejo, nas consequências de suas ações e no impacto que essas consequências terão sobre o personagem.

Quando começar a escrever a história, sinta-se livre para seguir caminhos diferentes dos que você estabeleceu no resumo, mas faça isso consciente dos resultados que você pretende alcançar com tais mudanças. Ao fazer alterações na estrutura da história, rescreva o resumo para certificar-se de que a linha de ação ainda faz sentido.

Leia as dicas 1 à 50.

Leia as dicas 51 à 100.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Inglaterra, Japão e Hong Kong. Há 7 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

7 escritores têm algo a dizer sobre este texto

  1. Mima Pumpkin 12/04/2013

    Na verdade, seria: O super herói Buzz Lightyear é levado para um planeta estranho onde é manipulado por uma espécie alienígina a acreditar que não passa de um brinquedo.

  2. Susi 14/04/2013

    muito interessante, vou pegar uns textos aqui e vou tentar resumi-los em uma frase. Vai ser interessante saber se estou fugindo ou não da narrativa ^^

  3. Diego Schutt 15/04/2013

    Mima, depende de quem você pergunta. 😉

  4. Diego Schutt 15/04/2013

    Oi Susi. É um ótimo exercício tentar resumir seus textos em uma frase. Não se preocupe tanto se suas ideias não se encaixarem exatamente no formato que apresentei como exemplo, contanto que a frase deixe claro a essência da história

  5. Lalá 15/04/2013

    Mais uma excelente dica! Obrigada!

  6. Matias 21/02/2014

    Legal! vou resumir meu drama psicológico em um linha, mas se não conseguir, estou escrevendo errado?

  7. Hagane 13/08/2014

    Sem sombra de duvidas uma boa dica pra dirigir o modo criativo e já estou colocando em pratica.

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Copyright 2010-2017 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos ® é uma marca registrada