Aprenda a criar realidades com palavras

Histórias cortadas de papel.

Por Diego Schutt em 04/01/2012 Tópicos: inspiração
0
1

“Sou uma cortadora de papel. Eu recorto histórias. Meu processo é bem simples. Eu pego um pedaço de papel, visualizo minha história; às vezes eu faço esboços, às vezes não. E como minha imagem já está no papel, eu apenas tenho que remover o que não é daquela história.”

É assim que Béatrice Coron começa sua apresentação no TED, onde ela descreve seu processo de criação de histórias através do recorte de papel, que é uma metáfora perfeita de como escritores desenvolvem narrativas de ficção.

Você pega uma página em branco e visualiza sua história; as vezes você escreve alguns rascunhos para estudar ideias, as vezes não. E como toda história já existe entre as palavras, você precisa apenas encontrar aquelas que fazem parte da sua narrativa.

No final da apresentação, Béatrice afirma que o objetivo do seu trabalho é sempre encontrar histórias.

“Eu não conheço as histórias. Eu seleciono imagens da nossa imaginação global, de clichês, de reflexões contemporâneas, do nosso passado. Todo mundo é um narrador porque cada pessoa tem uma história para contar. E o mais importante, todos temos que criar uma história para dar sentido ao mundo ao nosso redor. E nossa imaginação é o veículo que nos movimenta nessa viagem ao íntimo das nossas mentes, onde podemos nos reconectar com o essencial e o mágico.”

Assista ao vídeo abaixo. O áudio original é em inglês, mas o vídeo oferece a opção de legendas em português (clique em “play” e selecione português na lista de idiomas).

Seja o primeiro escritor a comentar sobre este texto

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Copyright 2010-2017 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos ® é uma marca registrada