Aprenda a criar realidades com palavras

Que história a sua cidade está contando para o mundo?

Por Diego Schutt em 19/09/2011 Tópicos: técnicas
7
2

Uma marca é uma história que uma empresa conta no mercado onde ela atua. Nesse contexto, cidades que desejam atrair turismo e investimentos também são marcas e, portanto, precisam se diferenciar para conquistar seu espaço no mercado.

Marca, nesse sentido, não se refere apenas a um logotipo ou símbolo, mas sim ao conjunto de percepções, pensamentos e experiências associadas à uma cidade.

Para se criar ou reformular a marca de uma cidade, é preciso que se identifique os principais traços de sua identidade (cultura, história, estilo de vida), seus principais atrativos (pontos turísticos, vida noturna, belezas naturais) e a imagem que seus moradores têm a respeito dela.

A ideia é que se possa compreender como a cidade se vê e comparar essa imagem com os estereótipos que os potenciais visitantes e investidores associam a ela. Esse deve ser o ponto de partida para se encontrar o tema central que vai orientar a criação dos atributos da marca da cidade.

Eles devem refletir a verdadeira essência da comunidade e devem criar um contexto adequado para o entendimento de todos os esforços de comunicação.

A história de uma cidade deve estar conectada a história e a personalidade de seus residentes porque, a longo prazo, são eles que sustentarão e darão credibilidade a qualquer esforço de marketing.

Um bom exemplo de uma cidade que tem uma marca com personalidade forte e distinta é Nova Iorque (I LOVE NY). O logotipo nada mais é do que a expressão da atitude dos moradores em relação à cidade. É um lugar que ou se ama ou se odeia, mas definitivamente não há como ser indiferente à Nova Iorque.

Você se identifica com a forma como a história que sua cidade conta nos materiais de divulgação?

.
Texto inspirado pela palestra “Usando história para reinventar a identidade de uma cidade.” por Eric Le Brecque, parte do Reinvention Summit, seminário online realizado no final de 2010 sobre a arte de contar histórias. Os diferentes convidados exploraram em suas apresentações diversos aspectos sobre a construção de narrativas e formas de engajar pessoas através de histórias que criem conexões e desenvolvam relações. Leia os resumos das principais ideias e insights de outras palestras do Reinvention Summit.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Alemanha, Inglaterra e Japão. Há 7 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

7 escritores têm algo a dizer sobre este texto

  1. Sergio 16/05/2012

    Está de parabens pelo site… continui sempre assim….

  2. Diego 16/05/2012

    Oi Sergio. Muito obrigado pela mensagem e pela leitura. 😉
    sds

  3. Amanda 07/01/2013

    Ooi, eu e minha melhor amiga estamos escrevendo um livro sobre máfia, e estamos impondo alguns fatos reais com algumas ficções, e gostaria de saber como exatamente eu deveria desenvolver este livro, a linguagem, e tudo mais…
    Estamos progredindo, porém são seis personagens, e temos que dar foco sempre nos seis, você tem alguma sugestão ou algo do tipo para livros relacionados a máfia, que contém, ação, traição dentre outros???
    Obrigada!

  4. Diego Schutt 07/01/2013

    Oi Amanda

    A resposta para as suas perguntas são extremamente complexas. Acredito que respondi grande parte delas na série de 50 dicas para escrever mais e melhor. Sugiro que vocês avaliem a história de vocês a partir dos conceitos apresentados em cada dica.

    Boa sorte.

    sds
    Diego

  5. vanessa 13/03/2013

    Olá,meu nome é Vanessa e amei as dicas.
    Minha duvida é a seguinte,pretendo escrever uma história onde a personagem principal é negra, pois a maioria das personagens são branco, enfim, só que na história ela mude diversas vezes de casa por questões economicas, mas desta vez ela muda pra outra cidade. Só que eu gostaria que a história de desenvolvesse no próprio Brasil, mas qual lugar seria ideal, um estado ideal.

  6. Diego Schutt 18/03/2013

    Oi Vanessa. Não acredito que exista um “estado ideal”. Tudo depende da história que você está construindo, e o papel que a localidade terá na narrativa. Se ela se muda por questões econômicas, talvez você deva escolher um estado que tenha mais ofertas de trabalho do que o estado de onde a personagem vem. Espero que ajude. Boa sorte com sua história.

  7. walter monteiro 31/12/2013

    parabéns Diego pelas dicas!

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Copyright 2010-2017 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos