Aprenda a criar realidades com palavras

10 lições para se escrever um bom livro

Por Diego Schutt em 11/02/2011 Tópicos: dicas, escrever, escrita criativa
3
1

O jornalista Laurentino Gomes apresenta neste vídeo 10 lições para se escrever um bom livro.

1. Ler muito para dominar as ferramentas que a língua portuguesa nos oferece para contar uma boa história.

2. Eleger um tema do seu interesse.

3. Pesquisar profundamente o tema do livro.

4. Buscar orientação de autores mais experientes.

5. Planejar os capítulos para organizar seu tempo.

6. Ser disciplinado e cumprir prazos.

7. Preocupar-se com referências bibliográficas.

8. Editar com critério.

9. Escolher uma boa editora.

10. Divulgar o trabalho.

Sobre o Autor

Diego SchuttLer todos os textos de Diego Schutt
Diego Schutt combina ideias de teoria literária, dramaturgia e psicologia social para ajudar escritores iniciantes e experientes a desenvolver textos com mais confiança, foco e impacto. Sua formação técnica em escrita criativa inclui cursos e oficinas no Brasil, Austrália, Suíça, Estados Unidos, Inglaterra, Japão e Hong Kong. Há 7 anos, ele escreve e edita o Ficção em Tópicos, o site mais completo sobre storytelling em Português.

3 escritores têm algo a dizer sobre este texto

  1. Luiz Valério 12/02/2011

    Excelente vídeo com o Laurentino Gomes. Orientações como essas nos ajudam a encontra nosso caminho e tocarmos nossos projetos adiante. O blog está cada dia melhor. Virou leitura obligatória.

  2. Diego 14/02/2011

    Luiz, presença constante por aqui! Mais uma vez, obrigado pela leitura. Estou constantemente trabalhando para trazer tudo que existe de mais interessante sobre a arte de escrever e contar histórias. Se existe algum tema específico que você quer ler que ainda não foi abordado, envie um email para ficcao@emtopicos.com com sua sugestão. Grande abraço

  3. Deds 26/09/2016

    Eu sempre gostei muito do gênero romance de época e viagem no tempo. Estou tentando casar os dois em uma história e estou vendo o quanto de informação que ainda me falta para conseguir ambientar os personagens e até entende-los. Para escrever um livro fora da época que se vive precisa de muito conhecimento nem que seja pra aplicar 10% de forma direta e o resto para entender os valores e influencias dos personagens. Caso contrario fica muito irreal… personagens pautados apenas num conhecimento superficial dos mesmos não são interessantes de maneira alguma.

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Copyright 2010-2017 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos ® é uma marca registrada