Aprenda a criar realidades com palavras

A escritora Adélia Prado fala sobre a arte de escrever.

Por Diego Schutt em 08/12/2010 Tópicos: inspiração
7
0

Em um vídeo da Saraiva Conteúdo, a escritora Adélia Prado fala sobre a arte de escrever, sua visão sobre o processo criativo e sua voz de escritora.

Ela também filosofa sobre a busca constante de todos os artistas por um momento poético e sobre o papel do escritor como um mediador que existe para conectar pessoas a esses momentos.

Abaixo, meus momentos favoritos:

“Toda obra, o objetivo dela é atingir o momento poético. […] Ela só acontece na hora em que ela vibra poeticamente.”

“Nesse sentido você, eu, ou qualquer autor é instrumento de algo que suplanta, que é maior que ele.”

“Você toca em algo maior que você, melhor que você, mais bonito que você, eterno, não é finito, e que te provoca aquela sensação de sentido. Minha vida tem um sentido. Por alguma razão eu estou aqui. Por alguma razão o absurdo da vida pode ser explicado. […] Eu não dou conta de associar isso a uma outra coisa que não seja ao divino.”

“É nessa experiência pequenininha, miserável, limitada, carente que eu vou dar uma resposta ao absurdo da minha existência e do mundo.”

“Você não aceita a fé, você adere. A arte é a mesma coisa. A natureza to religioso e da experiência poética é absolutamente igual.”

7 escritores têm algo a dizer sobre este texto

  1. Bruno Gandin 10/12/2010

    Ótimo post =D

  2. Diego 10/12/2010

    Oi Bruno. Achei bem bacana esse vídeo também. Você já leu alguma coisa da Adélia Prado?

  3. Bruno Gandin 10/12/2010

    Sim, eu li o Coração Disparado e outro, mas não lembro o titulo, faz um tempo já. E você, já leu?

  4. Diego 13/12/2010

    Nunca li um livro inteiro da Adélia Prado. Só alguns textos aleatórios.

  5. antonia 15/01/2011

    Adelia retrata o cotidiano como uma reporter do tempo:detalhes, poesia e beleza!
    amo seus versos e nele mergulho…

  6. Luiz Valério 21/01/2011

    O depoimento de Adélia Prado é poesia pura. A fresta pela qual ela diz enxergar o mundo parece mesmo uma janela para o universo. Muito boa entrevista. Parabéns por reproduzi-la em seu blog.

  7. Diego 22/01/2011

    As palavras da Adélia são mesmo inspiradoras Luiz.

Gostou do texto? O autor vai adorar saber. Deixe um comentário e compartilhe o artigo com outros escritores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Copyright 2010-2017 Diego Schutt - Todos os Direitos Reservados | Ficção em Tópicos ® é uma marca registrada